terça-feira, janeiro 31, 2012

Crepes Doces de Framboesas e Queijo Creme

Uns crepes doces para o final de uma refeição. Com as delicadas e perfeitas framboesas, tão doces quanto ácidas e que eu adoro. O sabor inconfundível do queijo creme que liga na perfeição com as framboesas e um pouco de açúcar porque tudo na vida precisa de um pouco mais de doçura.
Para completar tão perfeito casamento em crepe. Também ele delicado, mas que combina bem com quase tudo e que liga todos os outros ingredientes. Um crepe doce para o fim, para acabar em beleza.

Ingredientes para 4 crepes:

Massa:
1 ovo
4 colheres de sopa (cheias) de farinha
1 colher de sopa de´manteiga derretida
125 ml de leite
2 colheres de sopa de açúcar

Recheio:
100g de queijo creme para barrar (tipo philadelphia)
100g de framboesas frescas
açúcar em pó q.b.

Preparação:

Prepare a massa dos crepes. Bata o ovo com a farinha, o leite, o açúcar e a manteiga derretida até obter uma massa lisa. Leve uma frigideira anti aderente ao lume e pincele com um pouco de manteiga. Deixe aquecer bem e verta uma concha de massa sobre a frigideira cobrindo-a numa película fina. Deixe cozinhar de um dos lados voltando o crepe, com a ajuda de uma espátula para cozinhar do outro lado. Repita até esgotar a massa.
Bata depois o queijo-creme com açúcar em pó a gosto. Sobre cada crepe espalhe a mistura de queijo creme e sobre este algumas framboesas frescas. Enrole depois os crepes delicadamente e polvilhe com um pouco mais de açúcar em pó antes de servir.

Bom Apetite!

segunda-feira, janeiro 30, 2012

Pizza de Legumes Assados com Pesto

Fizemos planos para um domingo calmo e sossegado que acabou por não acontecer. Tivemos mais festa, mais amigos e um reencontro. Foi diferente do que tínhamos planeado, mas também foi bom. O que mostra que muitas vezes os planos que fazemos não se concretizam ou são simplesmente alterados. O que não é necessariamente mau. Temos apenas de nos adaptar ao que surge, deixar de lado o que tínhamos planeado e muitas vezes sermos surpreendidos com a estranha forma que o "universo" tem de equilibrar as coisas. Como o delicioso equilíbrio desta pizza sugerida pelo meu cunhado L. depois de provar os legumes assados..

Ingredientes para 1 pizza:

150g de massa de pão, ou massa pronta para pizza
2 colheres de sopa de molho pesto
legumes assados q.b. (usei o que sobrou desta receita)
150g de queijo ralado

Preparação:

Estenda a massa e coloque-a num prato próprio para pizzas. Espalhe o molho pesto sobre a base e sobre este coloque a mistura de legumes assados. Acrescente o queijo, polvilhando generosamente e leve a assar no forno a 180ºC até a pizza ficar dourada e a massa cozinhada.

Bom Apetite!

sexta-feira, janeiro 27, 2012

Queques de Chocolate com Laranja

O fim de semana está a chegar e o trabalho está a acalmar. O que poderia ser tempo para ficar calmamente descansada em casa, aproveitar o sofá, ver uns filmes ou umas séries, pôr a leitura em dia e cozinhar para dois, é mais um daqueles fim de semana. Mais festas de aniversário e jantares como é habitual para nós. Mas as festas estão a acabar.. Pode ser que finalmente, no domingo consigo ficar em casa a deliciar-me com um destes deliciosos queques de laranja e chocolate. Uma sugestão para o fim de semana.

Ingredientes para 12 queques:

200g de farinha
50g de chocolate em pó
150g de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
2 ovos
150ml de leite
100ml de sumo de laranja natural
raspa da casca de uma laranja
100ml de óleo vegetal

Preparação:

Numa taça misture a farinha com o açúcar, o fermento, a raspa da laranja e o chocolate em pó Noutra taça misture os ovos com o leite, o sumo de laranja e o óleo. Misture então os dois com uma colher de pau envolvendo bem.
Forre um tabuleiro de queques (ou formas individuais) com formas de papel frisado do mesmo tamanho e encha-as até 2/3 com o preparado anterior. Leve-as ao forno já aquecido (180ºC) cerca de 15 a 20 minutos até os queques estarem cozinhados e dourados.
Retire e deixe arrefecer sobre uma grelha.

Bom Apetite!


quinta-feira, janeiro 26, 2012

Sumo Multi-frutos

Eu gosto do pequeno almoço. Provavelmente não tanto como a minha amiga C., que diz que é a sua refeição preferida, mas gosto desta refeição, principalmente quando não é tomada a correr, de pé encostada à bancada da cozinha. A C., apesar dos filhos e do trabalho, toma sempre o pequeno almoço calmamente sentada - e não se importa de acordar mais cedo para isso. Eu também gosto desses pequeno almoços assim. Sentada, com calma e com coisas acabadas de fazer como pão, batidos ou sumos. Desta vez comecei o dia com um sumo cheio de vitaminas. Muitas frutas combinadas num copo logo pela manhã.

Ingredientes para 2 copos:

1 maçã
1 kiwi
1 laranja grande e sumarenta
2 morangos
um pedaço de papaia

Preparação:

Lave bem a fruta. Descasque a maçã, o kiwi e a papaia e corte-os em pedaços. Tire os pés aos morangos e esprema a laranja reservando o sumo.
No copo liqueidificador junte todos os ingredientes e bata até ter um sumo espesso. Se necessário junte um pouco de açúcar e mais sumo de laranja (ou um pouco de água).
Sirva de imediato.

Bom Apetite!

quarta-feira, janeiro 25, 2012

Bolo de Banana e Queijo Creme

Fazer bolos tem, para mim, algo mágico quase terapeutico. Posso estar triste, aborrecida ou simplesmente amuada, que o simples facto de ir para a cozinha e "bater" um bolo muda-me logo o humor. Gosto do escolher da receita, pesar os ingrediente e misturá-los calmamente. Posso dizer que fico logo relaxada. E enquanto o bolo está no forno gosto de fazer um chá enquanto espero para assim, logo que o bolo fique pronto, poder comer uma fatia dele ainda morno acompanhado de uma chávena de chá. Um dos meus "guilty pleasures".

Ingredientes:

3 ovos
120g de açúcar
110g de manteiga
sal fino q.b.
150g de farinho
1 colher de chá de fermento em pó
160g de banana
100g de queijo  creme para barrar

Preparação:

Unte uma forma de bolo e polvilhe-a com farinha.
Entretanto bata o açúcar com a manteiga e o sal.Junte os ovos e a farinha peneirada com o fermento, mexendo sempre com a colher de pau.Noutro recipiente envolva as bananas bem esmagadas com o queijo. Adicione este preparado ao creme anterior. Deite a massa na forma e leve o bolo a cozer em forno médio (180ºC) coberto com uma folha de papel vegetal, durante 15 minutos. Reduza a temperatura do forno (160ºC) e prolongue o tempo da cozedura por mais 40 minutos.
Sirva morno com uma chávena de chá.

Bom Apetite!

terça-feira, janeiro 24, 2012

Bruchetas de Queijo da Ilha com Ovos de Codorniz

O M. chega a casa, abre o frigorífico  e repara que comprei ovinhos de codorniz. De seguida diz que comeu umas bruchetas deliciosas com paio e ovos de codorniz estrelados e que eu devia tentar. A "sementinha" com a ideia fica plantada. Dias depois estou eu a abrir o frigorífico para preparar o jantar de domingo no sofá. Vejo os ovinhos e lembro-me da sugestão dele: bruchetas + ovos de codorniz.
Sem duvida uma combinação saborosa e muito mimosa.

Ingredientes para 4 unidades:

4 fatias de pão tipo caseiro
azeite a.b.
oregãos q.b.
1 dente de alho
4 ovinhos de codorniz
50g de queijo da ilha ralado
salsa picada para decorar

Preparação:

Misture um pouco de azeite com os oregãos e um dente de alho picado finamente e barre as fatias de pão com esta mistura. Coloque-as depois num tabuleiro e leve ao forno a tostar alguns minutos.
Retire e espalhe em cada uma das bruchetas o queijo ralado levando novamente ao forno para derreter.
Entretanto estrele os ovinhos de codorniz numa frigideira anti-aderente com um pouco de azeite.
Retire as bruchetas do forno e coloque um ovinho sobre cada uma delas, polvilhando com a salsa picada.
Sirva quentes.

Bom Apetite!

segunda-feira, janeiro 23, 2012

Sopa de Tomate Assado

Os dias passam a correr. Ainda agora parece que era sexta-feira e o fim de semana já acabou. Foi-se. Perdeu-se por entre os dedos com jantares e almoços, brincadeiras com o pequeno T., aniversários de amigos, conversas, Sherlock, e alguns deveres. Acabou tão depressa como começou, e outras coisas que queriamos fazer ficaram adiadas até à proxima oportunidade.
Cozinhei pouco. Tinha ideias para fazer outras receitas que acabaram encostadas a um canto por falta de tempo e de barriga. Mas esta sopa saiu da cozinha e reconfortou-nos deste fim de semana curto, como todos os outros!

Ingredientes para 2 pessoas:
(adaptado de "Dias com Mafalda" - Mafalda Pinto Leite, pág. 187)

2 tomates
1 cebola pequena
2 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
tomilho fresco q.b.

Preparação:

Lave os tomate es corte-os em pedaços. Coloque-os num tabuleiro e tempere com um pouco de sal, pimenta, os dentes de alho picados e um fio de azeite. Leve a cozinhar em forno quente (200ºC) durante 15 minutos.
Pique finamente a cebola e leve-a a alourar num pouco de azeite. Junte depois os tomates já assados, e os seus sucos, à cebola e acrescente água a ferver (cerca de 400ml). Deixe cozinhar mais uns minutos e com a varinha mágica triture a sopa. Rectifique de sal e pimenta e perfume com as folhinhas de tomilho.
Sirva com umas fatias de pão caseiro torrado e barradas com queijo creme polvilhado com um pouco de pimenta moída na hora.

Bom Apetite!

sexta-feira, janeiro 20, 2012

Aveia com Banana, Canela e Mel

Começar bem o dia. Acordar cedo e tomar o pequeno almoço. Desta vez aveia, banana, canela e um toque e mel para dar energia, força e saúde logo pela manhã.O prazer de tomar o pequeno almoço com calma e sem pressas. Saber que é a mais importante refeição do dia e que estamos a alimentar o nosso corpo que esteve sem alimento durante muitas horas. Aumentamos a nossa concentração, capacidade de trabalho, prevenimos algumas doenças e garantimos uma dose certa de energia ao longo do dia.
Tudo isto numa taça de aveia com banana, canela e mel.

Ingredientes para 1 pessoas:

1 medida de flocos de aveia
2 medidas de água
sal q.b.
1 banana pequena
canela em pó q.b.
mel a gosto

Preparação:

Leve a água temperada e sal e com a aveia ao lume e deixe cozinhar cerca de 4 minutos mexendo sempre até esta estar a seu gosto.
Retire e coloque a aveia numa tigela. Corte a banana em rodelas finas e coloque sobre a aveia. Polvilhe cm canela e com mel a gosto e coma com vontade par começar bem o dia.

Bom Apetite!

quinta-feira, janeiro 19, 2012

Trapalhada de Bacalhau

Há dias em que tudo é uma grande confusão. Começamos o dia à pressa sem tempo para nada e corremos de um lado para o outro para conseguir chegar a todo o lado. São as confusões para sair de casa pela manhã, a confusão do transito para chegar ao trabalho e as complicações com o chefe e os colegas. A dificuldade para sair a horas e conseguir chegar a casa a tempo de todos os nossos outros afazeres. Um dia que é uma verdadeira trapalhada. Como este prato de bacalhau perfeito para todos os dias.

Ingredientes para 2 pessoas:

250g de bacalhau demolhado e desfiado
4 batatas pequenas
1 cebola
2 ovos
150g de brócolos
2 dentes de alho
azeite q.b.
1 folha de louro
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Leve um tacho ao lume com um pouco de azeite e junte a cebola cortada em rodelas finas, os dentes de alho picados e a folha de louro. Deixe refogar até a cebola começar a ficar murcha e junte o bacalhau deixando cozinhar.
Entretanto descasque as batatas e corte-as em cubos. Leve-as a cozer em água temperada de sal. Coza também os brócolos.
Assim que as batatas e os brócolos estiverem cozidos escorra-os bem e junte à mistura de bacalhau envolvendo bem. Bata os ovos e acrescente à mistura anterior mexendo sempre. O lume não deve estar muito alto e deverá mexer até os ovos estarem cozinhados. Rectifique de sal e pimenta.
Sirva com uma salada.

Bom Apetite!

quarta-feira, janeiro 18, 2012

Cataplana de Tamboril e Camarão com Fusilli


Das coisas trocadas. As prioridades, os valores, os sentimentos. Quando o ter é mais importante que o ser. Quando a ignorância é valorizada em detrimento da inteligência. Quando a aparência é factor de decisão. Quando se escolhem amigos pelos apelidos. Quando os bens materiais nos enchem a casa vazia de amigos e família. Quando não há saldo mas há gadgets topo de gama. Quando tudo parece trocado e o mundo virado de pernas para o ar, também na minha cozinha há trocas: uma receita de verão em pleno inverno.

Ingredientes para 2 pessoas:

15 camarões
250g de tamboril (em pedaços e limpo de peles e espinhas)
150g de massa fusilli
1 tomate grande maduro
50ml de vinho branco
1 pimento vermelho
sal e pimenta q.b.
1 cebola pequena
azeite
oregãos q.b.

Preparação:

Coza a massa em água a ferver tenmperada de sal até ficar al dente.
Entretanto descasque os camarões, corte o tomate em pedaços e o pimento em tirinhas assim como a cebola. Na cataplana disponha a cebola, o tomate o pimento, os camarões e o tamboril. Tempere com sal, pimenta e oregãos, regue com o vinho branco e com um fio de azeite. Feche a cataplana e deixe cozinhar entre 10 a 15 minutos. Entretanto escorra a massa e junte-a à cataplana envolvendo bem. Deixe ferver 1 minuto apenas para apurar e sirva temperada com um pouco de oregãos.

Bom Apetite!

terça-feira, janeiro 17, 2012

Pizza Com Pimento, Presunto e Oregãos

Num domingo de chuva nada melhor do que ficar em casa. De acender a lareira, preparar um chá e na companhia do M. ficar a ver um filme, ou até dois, no sofá com a manta a tapar-nos até às orelhas. De sentir a chuva a cair e o vento a soprar e de podermos estar confortáveis em casa. Num domingo de chuva os jantares no sofá sabem ainda melhor. São o prolongamento de uma tarde de ócio bem merecida. E quando o jantar mete pizzas caseiras  - com os ingredientes disponíveis pois não há vontade de sair, que as pantufas estão tão confortáveis nos meus pés  - o domingo de chuva torna-se um dia perfeito. E assim foi o meu domingo...

Ingredientes:

Para a massa (dá para 2 pizzas):
300g de farinha
1 colher de chá de açúcar
sal q.b.
10g de levedura seca
100ml de água tépida
1 colher de sopa de azeite

Para o recheio:
molho de tomate caseiro (receita aqui)
1 pimento vermelho assado de conserva
4 fatias de presunto
10 azeitonas
100g de queijo mozarella ralado
1/2 cebola pequena
oregãos q.b.

Preparação:

Para a massa. Numa taça coloque a farinha com o açúcar, o sal, a levedura e o azeite. Aos poucos e poucos vá juntando a água tépida misturando bem até formar uma bola. Poderá não necessitar de juntar toda a água ou até um pouco mais. Vá mexendo e vendo quando a massa se separa das paredes da tigela e é possível amassá-la à mão. Retire então a massa e amasse-a na bancada da cozinha até esta estar uniforme e elástica. Coloque de novo na taça e tape com película aderente. Deixe repousar cerca de 1 hora até ter duplicado o volume.
Para preparar a pizza estenda a massa e coloque.a num tabuleiro próprio. Junte depois o molho de tomate e por cima deste coloque metade do queijo. Disponha agora o presunto em tirinhas e o pimento também em tiras. Corte a cebola bem fininha e coloque também na pizza, assim como as azeitonas. Coloque o restante queijo e polvilhe tudo com os oregãos. Leve a assar em forno quente (200ºC) até a massa estar cozinhada e o queijo derretido e dourado.
Sirva em fatias.

Bom Apetite!

segunda-feira, janeiro 16, 2012

Esparguete com Salmão Fumado, Cogumelos e Rucula

Muito se fala de "fast food" - comida rápida. E é incrível como a maioria das pessoas a associa a hamburguers, pizzas e sandes com batatas fritas e refrigerantes. Na realidade, muitas coisas podem ser comida rápida e ao mesmo tempo saciantes, nutritivas e preparadas em casa. Por aqui as massas preenchem esses requisitos. E é por isso que existem sempre algumas variedades no armário despenseiro. Ultimamente os almoços de sábado tornaram-se autênticos momentos de refeições rápidas. Chegar a casa e preparar algo para comer em menos de 15 minutos, aproveitando também para dar uma volta pelo que está a precisar de ser consumido. Este sábado havia um resto de salmão fumado, uns poucos de cogumelos e um pacote de natas já aberto. A massa ligou tudo, a rucula deu cor, vitaminas e minerais e o almoço ficou pronto rapidamente. Uma sugestão para a semana onde há sempre espaço para uma refeição de "fast food".

Ingredientes para 2 pessoas:

180g de esparguete
150g de salmão fumado
2 mão cheias de rucula selvagem
10 cogumelos frescos
100ml de natas magras
sal e pimenta q.b.
1 dente de alho
azeite q.b.

Preparação:

Coza o esparguete em água a ferver temperada com sal até ficar al dente. Entretanto pique o dente de alho e leve ao lume numa frigideira  juntamente com um pouco de azeite. Junte os cogumelos previamente limpos e laminandos e deixe saltear. Acrescente depois o salmão fumado partido em pedaços, as natas e deixe levantar fervura. Rectifique de sal e pimenta e reserve.
Numa taça junte o espargute escorrido, a rucula e o molho de cogumelos e salmão fumado. Envolva bem para misturar e sirva. Se gostar poderá polvilhar com um pouco de parmesão ralado na hora.

Bom Apetite!

sexta-feira, janeiro 13, 2012

Ovos Quentes

O M. começou este novo ano com um pedido: ovos quentes para o pequeno almoço. Disse-lhe que um dia destes. Que nem tinha os copinhos para os ovos. Mas prometi fazer.
Entretanto comprei os copinhos. E consegui uns lindos e saborosos ovos de galinhas caseiras, que correm ao ar livre e se alimentam de ervinhas, couves e milho. Sem estar a contar todas as condições estavam reunidas para lhe satisfazer o pedido. E assim faço. Um simples desejo do meu marido prontamente concretizado. Porque ele merece tudo. Hoje a receita é dedicada ao M. A nós,

Ingredientes para 1 pessoa:

1 ovo (de preferência caseiro e fresco)
sal e pimenta q.b.
1 fatia de pão torrado para acompanhar

Preparação:

Leve um tachinho com água ao lume e deixe levantar fervura. Tempere de sal e cuidadosamente junte o ovo. Deixe cozer 2 a 3 minutos (o meu cozeu 3).
Retire o ovo e coloque-o no copinho próprio. Com uma faca serrilhada corte o topo do ovo 8ou se preferir parta com a ajuda de uma colher, e tempere com um pouco de pimenta. Sirva com o pão torrado cortado em pedaços para mergulhar no ovo.

Bom Apetite!

quinta-feira, janeiro 12, 2012

Ananás Caramelizado com Creme de Ovo

Quando era mais miúda e comecei a cozinhar sozinha, adorava fazer sobremesas, bolos e bolachas. Lembro-me de já nessa altura gostar de inventar e acho que nunca me esquecerei de uma tarte cujo recheio era simplesmente gelatina. que fiz com o P e a P numa qualquer tarde de verão. Com o tempo comecei também a fazer outras coisas e passei, acho eu, a gostar mais de cozinhar pratos salgados e a comida de todos os dias do que propriamente a sobremesa. Mesmo assim ainda me dá para inventar algumas coisas doces. Como esta sobremesa. Uma sobremesa feita rapidamente com o que havia em casa apenas porque não queria acabar uma refeição de domingo ´"sem açúcar".

Ingredientes para 4 pessoas:

250g de ananás fresco
2 ovos
250 ml de leite´
6 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de maisena

Preparação:

Corte o ananás em cubos não muito pequenos e leve-o a caramelizar juntamente com 4 colheres de sopa de açúcar numa frigideira anti-aderente. Quando o ananás estiver dourado retire e deixe arrefecer.
Entretanto prepare o creme de ovo, Misture a maisena num pouco de leite frio para dissolver. Junte depois o restante leite, os ovos e o restante açúcar e misture bem. Leve ao lume, mexendo sempre, até obter um creme liso.
No fundo de 4 tacinhas ou ramequins coloque o ananás. Divida depois o creme de ovo pelas tacinhas. Polvilhe com um pouco de açúcar e queime com um maçarico de cozinha ou leve ao forno (com grill) até tostar um pouco.

Bom Apetite!

quarta-feira, janeiro 11, 2012

Picanha Assada ao Sal

Não é preciso o ano mudar, ser segunda feira ou início do mês, para se tomarem decisões e se mudar alguma coisa nas nossas vidas. É preciso apenas atitude e força de vontade. E não desistir, e fazer um esforço mesmo quando não apetece, ou quando achamos que não vale a pena. Ou então acontece que gostamos tanto das mudanças que nada nos custa e tudo é um prazer.
 É por isso que não há nada melhor do que podermos ter controle sobre a nossa própria vida. De termos amor próprio. De acreditarmos em nós e naquilo que somos capazes. De construirmos a nossa própria felicidade com o que realmente está ao nosso alcance. De não viver de utopias ou sonhos ou de colocar a vida em "pause" à espera do que sabemos que poderá não acontecer. Conheço muitas pessoas que sonham demais e vivem de menos. E sacrificam as suas vidas à espera do que não acontecerá...
Certezas ninguém as tem. Mas posso garantir algumas coisas, como esta carne que só precisa de ser de qualidade para uma refeição perfeita!

Ingredientes para 6 pessoas:

1 pedaço de picanha inteira com cerca de  1,5kg
sal de cozinha (grosso) q.b.
pimenta ou ervas aromáticas a gosto (opcional)

Preparação:

No fundo de um tabuleiro onde a carne caiba pefeitamente, coloque uma boa camada de sal de cozinha (grosso). Por cima coloque a carne com a gordura virada para cima. Por cima da carne coloque um pouco de sal grosso - como se estivesse apenas a temperar - e, se desejar um pouco de pimenta ou de ervas aromáticas da sua preferência.
Leve a assar em forno quente (200ºC) durante cerca de 50 minutos até a carne estar cozinhada a gosto (este tempo foi perfeito para este pedaço de carne, mas depende muito do tamanho da peça e de como gosta da carne) e a gordura derretida e tostada.
Deixe a carne repousar cerca de 20 minutos, tapada com papel de alumínio e fora do forno. Corte em fatias o mais fino que conseguir e sirva. Acompanhe com batata assada ou frita, feijão preto , arroz e couve salteada.

Bom Apetite!

terça-feira, janeiro 10, 2012

Salada de Rucula com Pinhões e Romã

Gosto de me perder em blogues de culinária que vou descobrindo, e de retornar aos mais antigos que conheço desde sempre. Gosto de admirar as fotografias dignas de uma revista de culinária de qualidade e de pensar que um dia conseguirei fotografar assim (apesar de na realidade saber que isso nunca irá acontecer...). Gosto de tentar ver por detrás das receitas, de imaginar as cozinhas e as cozinheiras e de perceber as motivações que se encontram por detrás de cada um desses blogues. Gosto de conhecer blogues de culinária ou receitas genuínos, em que para além da receita existem histórias verdadeiras, partilhas de vida e pessoas. E como em tudo descubro blogues para todos os gostos, para todas as personalidades, para todas as motivações. Os que escrevem lindamente, os que têm fotografias de cortar a respiração, os que gostam de se mostar, os que são enciclopédias de saber, os que têm receitas maravilhosas e dífíceis de preparar, os que são simples e fáceis com receitas para todos os dias. Os que mostram mais mesas do que receitas, os que têm quase sempre as mesmas receitas. Os que copiam, os que inventam e os que criam receitas de autor. Os blogues que além de receitas falam das viagens, dos mercados e dos restaurantes. Os que se acham superiores à maioria. Os que publicam receitas e fotos com vinhos caros e presentes dispendiosos. Os que tentam ser uma coisa que não são e os verdadeiramente originais e diferentes. E por detrás de todos eles há pessoas que se dedicam, que gostam de cozinhar, que gostam de partilhar. Não há blogues melhores ou piores, bons ou maus. Cada um reflete quem o escreve. Reflete a pessoas por detrás do ecrã. As suas vivências, as suas memórias, a sua personalidade. E em comum  há dedicação, trabalho e gosto pela cozinha. E isso será sempre um ponto de união entre todos. Como esta salada que uniu à mesa pessoas que há uns anos atrás pouco se falavam e que agora são os melhores amigos. Que descobriram que apesar das diferenças são tão iguais e com tantos pontos comuns. Uma união que me tornou uma pessoa melhor.

Ingredientes para 4 pessoas:

150g de rucula selvagem
4 colheres de sopa de bagos de romã
2 colheres de sopa de pinhões
2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sobremesa de vinagre balsâmico
sal q.b.

Preparação:

Leve uma frigideira anti-aderente ao lume e toste ligeiramente os pinhões até ficarem dourados. Deixe arrefecer.
Numa travessa coloque a rucula. Salpique com os bagos de romã e com os pinhões tostados.
À parte prepare o tempere misturando o azeite com o vinagre e um pouco de sal. Leve para a mesa e deixe que cada um tempere a salada a gosto.
Esta salada serve como uma deliciosa entrada ou como acompanhamento de carne grelhada ou picanha no forno.

Bom Apetite!

segunda-feira, janeiro 09, 2012

Tirinhas de Frango com Pimento e Oregãos

Um fim de semana de sol em que se desmanchou a árvore de natal e se arrumou o presépio. Um sol magnífico de Janeiro que proporcionou cafés na varanda e almoços com companhia. Sol que me deixou a pensar em como coisas tão simples, como o tempo, afectam a nossa disposição e nos fazem acordar mais motivados. E até eu, que gosto do inverno, dos dias cinzentos e da chuva, senti que este sol de Janeiro veio para nos encher a alma e alimentar o espírito, para pensarmos em coisas boas que surgem assim do nada e nos fazem ganhar o dia. Nos fazem ganhar um dia de sol e de luz e um sábado de descanso com ida à piscina e um almoço leve e colorido!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 peitos de frango
1 pimento vermelho (usei congelado)
sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de oregãos
1 colher de sopa de azeite
sumo de limão

Preparação:

Corte os peitos de frango em tiras não muito finas e tempere-as com um pouco de sal, pimenta e sumo de limão. Lave o pimento e corte-o também em tiras não muito finas limpando-o das sementes.
Leve uma chapa de grelhar (ou uma frigideira anti-aderente) ao lume com o azeite. Deixe aquecer e junte as tiras de frango. Junte depois o pimento e acrescente os oregãos. Deixe saltear até o frango estar cozinhado e o pimento macio.
Sirva com arroz e couve lombarda salteada com azeite e alho.

Bom Apetite!

sexta-feira, janeiro 06, 2012

Macarrão Gratinado com 3 Queijos

Depois de tanto ter falado no Natal, do entusiasmo na preparação dos cabazes, das receitas a fazer, dos cheiros e das memórias, das filhós, da canela e do açúcar, eis que o Natal chega ao fim. É oficial. É hoje.
Estamos no dia dos Reis, o dia que marca a retirada do presépio, da árvore e das decorações.
Para o final deste ano haverá outra vez natal, novos cabazes, novas ideias e novas receitas. Para já fica a nostalgia de algo que chega ao fim, do fechar do circulo, do "acabou".
Mas neste dia que é de Reis, ainda se pode fazer festa. Ainda se deve celebrar com bolo-rei ou rainha, com "galette des rois". Ou com uma versão "mac and cheese", porque cá para mim os Reis também gostam de coisas simples e de comida com sabor a casa.

Ingredientes para 2 pessoas:

150g de massa cotovelos
200ml de leite
1 ovo
2 colheres de sopa de queijo mascarpone
100g de queijo emmental
2 colheres de sopa de queijo parmesão (acabado de ralar)
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Leve a massa a cozer em água temperada de sal até ficar "al dente".
Entretanto misture o leite com o ovo batido e o queijo mascarpone e tempere com um pouco de sal e pimenta. Junte o queijo emmental ralado e envolva bem.
Assim que a massa estiver cozida escorra-a e junte-a ao preparado anterior misturando. Coloque toda a mistura num prato de ir ao forno previamente untado com um pouco de manteiga, e polvilhe a superfície com o queijo parmesão.
Leve a gratinar em forno previamente aquecido (200ºC) até a superfície ficar dourada e tostadinha.
Sirva com uma salada.

Bom Apetite!

quinta-feira, janeiro 05, 2012

Batatinhas a murro com Alho e Oregãos

Eu não sou uma pessoa de batatas. Principalmente se as batatas forem cozidas. Prefiro arroz ou massa ou couscous e esqueço-me ou faço-me de esquecida em relação às batatas. Curiosamente em miúda, e depois de ter almoçado ou jantado e já depois da fruta era comum pedir as batatas cozidas que tinham sobrado da refeição que comia com prazer como se de um doce se tratasse. Vá-se lá perceber porquê!
Mais crescida veio então a minha falta de paixão por batatas cozidas. Por isso, quando a refeição era peixe (ou qualquer outra coisa, mas maioritariamente peixe estufado ou grelhado) acompanhado de batatas cozidas, a minha avó, e claro que tinha de ser a minha avó que a minha mãe já não ia muito nessas manhas, me preparava umas batatinhas temperadas com azeite. alho e oregãos para assim a menina (neste caso eu) comer as batatinhas com gosto. Na prática o que a avó fazia era apenas separar umas quantas batatas das mesmas que iam para a mesa para todos comerem, partí-las em cubinhos, temperar e misturar e levar para a mesa numa tacinha à parte. Claro que eu pensava que as batatas eram especiais.
Esta versão, entretanto revista e melhorada pela avó é agora habitual cá em casa. É que eu continuo sem gostar muito de batatas cozidas.

Ingredientes para 2 pessoas:

8 a 10 batatinhas primor
1 colher de sopa de oregãos
2 colheres de sopa de azeite
2 dentes de alho
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Lave bem as batatinhas e leve-as a cozer (com a casca, que é fininha) em água tempera de sal.
Entretanto descasque os dentes de alho e piquenos bem finamente. Leve o azeite ao lume com o alho e, assim que o alho começar a querer fritar desligue, junte os oregãos e deixe em infusão até arrefecer.
Quando as batatas estiverem cozidas escorra-as e, colocando uma toalha de cozinha lavada sobre as batatas dê-lhes um pequeno murro para as abrir e assim embeberem melhor os temperos.
Coloque depois as batatas num prato ou travessa que vá à mesa e junte o azeite com o alho e os oregãos e envolva bem. Tempere também com um pouco de pimenta e sirva de imediato.
São optimas para axompanhar peixe ou carnes grelhadas.

Bom Apetite!

quarta-feira, janeiro 04, 2012

Bacalhau com Natas à Antiga

Do bacalhau diz-se existirem 1001 maneiras de confeccionar. Talvez exista o mesmo número de maneiras de preparar bacalhau com natas. Com batata frita, com bechamel e sem natas, com cenoura, sem cenoura, com camarão, com batata cozida.... Tantas e tantas variantes deste prato tão tradicional e que agora virou moda desdenhar e colocar em segundo plano por se ter tornado uma receita facilmente preparada por todos e portanto "popular". Já não é a primeira vez que vejo a expressão "cozinha de tias"  (que eu sinceramente não percebo o que quer dizer) associada a este prato.
Na minha cozinha, e na minha mesa, há sempre lugar para um belo tabuleiro de bacalhau com natas. É apreciado pela maioria, dá para preparar com alguma antecedência mas é também algo que se prepara com rapidez. Rende bastante e é sempre uma receita vencedora em qualquer festa ou celebração.
Desta vez, iniciámos o ano com esta versão de bacalhau com natas preparada com puré de que já tanto me tinham falado. Não desdenhámos e ficou aprovada com distinção.

Ingredientes para 4 pessoas:

6 batatas médias
2 cebolas
2 dentes de alho
1 folha de louro
500g de bacalhau (demolhado, limpo de peles e espinhas e desfeito com a ajuda de um pano)
azeite q.b.
200ml de natas
200ml de leite
1 colher de sopa de manteiga
noz moscada q.b.

Preparação:

Descasque e corte as batatas em cubos. Leve-as a cozer em água temperada com sal.
Entretanto descasque as cebolas e corte-as em rodelas finas. Leve uma frigideira grande ao lume com um pouco de azeite e junte as cebolas em rodelas, os dentes de alho previamente picados e a folha de louro e deixe a cebola começar a alourar. Junte depois o bacalhau desfiado e deixe cozinhar. Rectifique de sal e tempere com um pouco de pimenta.
Entretanto escorra as batatas e com o passe-vite ou um esmagador manual desfaça as batatas em puré. Junte depois o leite e a manteiga até formar um puré aveludado. Tempere com um pouco de noz moscada.
Junte a cebolada de bacalhau já cozinhada ao puré e envolva bem. Acrescente depois metade das natas e volte a mexer.
Coloque a mistura num tabuleiro que vá ao forno e à mesa e sobre a mistura coloque as restantes natas. Leve depois ao forno já aquecido (200ºC) para gratinar a superfície.
Sirva com uma salada verde.

Bom Apetite!

terça-feira, janeiro 03, 2012

Mousse de Limão com Romã

Não pode haver ano novo sem romã na mesa. Romã que está associada ao amor e às paixões. Uns baguinhos pequenos, vermelhos, doces e sumarentos que são simbolo de ordem, riqueza e fertilidade.
Tudo que desejamos num ano acabado de chegar. Ordem para as nossas vidas e para a nossa cabeça. Uma vida rica - em amizades, relações familiares e oportunidades. E fértil. Que tudo o que "lançarmos na terra"  ganhe boas raízes, cresça saudável e dê frutos. Objectivos que se constroem, bago a bago, dia após dia.
Uma romã doce cheia de promessas, para iniciar o novo ano também ele cheio de objectivos e desejos.

Ingredientes para 6 pessoas:

1/2 lata de leite condensado
4 iogurtes naturais
2 limões
bagos de romã q.b.

Preparação:

Numa taça misture o leite condensado com os iogurtes até estarem bem incorporados e com a consistência de um creme aveludado. Junte depois a raspa da casca dos limões bem como o sumo. Mexa bem e divida a misture por 6 tacinhas individuais.
Leve ao frigorífico durante pelo menos 1 hora. Antes de servir polvilhe generosamente com bagos de romã.

Bom Apetite!

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Ovos em tacinhas com Bacon e Cebola

Chegou 2012 e parece-me correcto que a primeira receita publicada neste novo ano seja a primeira receita que efectivamente cozinhei em 2012. E assim vai ser.
Depois de uma passagem de ano diferente do que temos feito nos últimos anos, mas igualmente divertida apesar dos percalços sempre habituais, e uma alteração de planos que não estava a contar, o primeiro almoço do ano acabou por ser em casa. Com o que havia disponível em casa e sem saber ao certo o que cozinhar a ementa lá apareceu. É que havia já alguns anos que não começava um ano a almoçar em casa.
2012 começou com ovos em tacinhas com bacon e cebola e um brinde a dois ao novo ano e aos novos desafios que nos forem surgindo.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 ovos
2 colheres de sopa de natas ligeiras
1/2 cebola pequena
2 tiras de bacon
salsa picada
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.

Preparação:

Unte duas tacinhas de louça (ou ramequins) que possam ir ao forno e à mesa com um pouco de azeite.
Pique a cebola bem fininha e corte o bacon aos pedacinhos. Coloque um pouco de cebola e de bacon no fundo de cada uma das taças, assim como um pouco de salsa picada. Abra um ovo para dentro de cada uma das tacinhas e junte as natas. Tempere com um pouco de sal e pimenta e coloque as tacinhas dentro de outro tabuleiro pequeno. Encha depois esse tabuleiro com água a ferver (para criar uma espécie de banho-maria) e leve a assar em forno quente (180ºC) durante cerca de 15 minuto até a clara do ovo estar cozinhada mas a gema ainda um pouco líquida.
Sirva com fatias finas de pão torrado.

Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin