segunda-feira, abril 30, 2007

Strogonoff Fingido

Quem não gosta de um bom stogonoff, com aquele delicioso molhinho feito à base de natas... Pois é, mas as natas têm muita gordura, e há que ter cuidado com o colesterol, os triglicéridos, e essas coisas todas... e depois também há o cuidado com a linha...
Por causa destas coisas todas às vezes, em vez de fazer o verdadeiro strogonoff, faço estes mais "saudável", daí o nome de strogonoff fingido...além disso também o fiz com carne de porco em vez de vaca, como a receita original! Tudo nele é falso!

Ingredientes:

febras de porco ou bife de vaca ou frango ou peru
Cogumelos frescos ou de latas (champignons)
Sal
pimenta
molho inglês
vinho branco
alho
1 chávena de chá de leite
1 colher de sobremesa de maisena
salsa

Preparação:

Começar por cortar os bifinhos em tiras finas, e tempere com sal, pimenta, alho picadinho, um pouco de molho inglês e vinho branco.
Leve uma frigideira ao lume e coloque a carne e a marinada (sim, sem adicionar gordura, mas se quiserem podem fritar a carne com manteiga ou azeite e depois adicionar a marinada!) e deixe esfufar a carne até quase todo o líquido estar evaporado. Juntar os cogumelos laminados e misturar.
Desfazer a farinha maisena no leite e juntar à mistura de carne e cogumelos. Rectificar os temperos e deixar ferver até a mistura engrossar um pouco.
Servir o strogonoff polvilhado com a salsa picasda e com arroz branco e uma salada.

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 27, 2007

Bolo de Requeijão

Não costumo fazer muitos bolos, mas um requeijão que andava pelo frigorífico sem ninguém lhe pegar, ditou esta sentença. A receita foi retirada de um livro (da Maria Odete Cortes Valente) de receitas tradicionais alentejanas. Eu acho-o (ao bolo) simplesmente delicioso!

Ingredientes:

500g de açúcar
6 ovos
200g de manteiga
500g de requeijão
250g de farinha com fermento


Preparação:

Bate-se o açúcar com a manteiga derretida. Juntam-se as gemas, batendo sempre, o requeijão, a farinha e, por fim, as claras batidas em castelo, só a envolver.
Vai ao forno a cozer em forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.


Bom Apetite!

quinta-feira, abril 26, 2007

Lulas Estufadas

Sempre gostei de lulas de todas as maneira ...com excepção de lulas grelhadas. Só o cheiro deixa-me mal disposta!
Desta vez resolvi fazê-las de uma das maneiras mais simples possível: estufadas com um simples molho de tomate! Uma receita ideal para alimentar a família no dia a dia!

Ingredientes:

Lulas limpas
Alho
cebola
tomate maduro ou 1 lata de polpa de tomate
coentros frescos
vinho branco
1 colher de sopa de polpa de tomate
sal e pimenta
azeite

Preparação:

Cortar as lulas, depois de limpas em rodelas.
Num tacho levar ao lume o azeite juntamente com a cebola e o alho picado. Quando a cebola estiver transparente, juntar o tomate pelado cortado em cubinhos, o vinho branco e a polpa de tomate, Temperar de sal e pimenta.
Assim que o molho de tomate levantar fervura, juntar as lulas arranjadas, reduzir o lume para o mínimo e deixar cozinhar durante 30 minutos, ou até as lulas estarem cozinhadas.
Antes de servir polvilhar com coentros frescos picados.
Servir com arroz branco ou puré de batata e uma salada!

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 25, 2007

Argolinhas de Amêndoa


Mais umas deliciosas bolachinhas para acompanhar chá ou café!

Ingredientes:

100g de amêndoas peladas
1clh sobremesa de canela em pó
250g de farinha
100g de açúcar amarelo
180g de margarina líquida
1 ovo

Preparação:

Rale finamente as amêndoas e misture-as com a canela em pó, a farinha e o açúcar amarelo.
Abra uma cova ao centro e deite aí a margarina líquida. Junte o ovo e amasse rapidamente, até ligar os ingredientes.
Deite a massa obtida num saco de pasteleiro com um bico largo e canelado.
Desenhe argolinhas de massa sobre um tabuleiro polvilhado com farinha, e coza em forno médio (220ºC) durante cerca de 15 minutos.
Retire as argolinhas do tabuleiro com uma espátula e guarde-as, depois de frias, em caixas herméticas.

Bom Apetite!

terça-feira, abril 24, 2007

Empadão de Bacalhau

Resolvi fazer um empadão de bacalhau, mas não estava com grandes apetites para procurar nenhuma receita. Toca então a fazer o empadão de acordo com a disposição do momento. E ficou muito bom!

Ingredientes:

batatas
bacalhau
sal
pimenta
noz moscada
azeite
alho
cebola
louro
farinha
manteiga
leite
pão ralado ou gema de ovo

Preparação:

Comecei por cozer umas postas de bacalhau em leite temperado com uns grãos de pimenta e uma folhinha de louro.
Á parte cozi as batatas em água temperada de sal.
Depois do bacalhau cozido retirei as postas que desfiei em lascas e coei o leite para mais tarde usar no puré de batata.
As batatas depois de cozidas foram passadas pelo passe-vite e juntei-lhes depois o leite de cozer o bacalhau , um pouco de manteiga, e temperei tudo com um pouco mais de sal, pimenta e de noz moscada, e foi ao lume até tudo estar bem ligado e consistente.
Numa frigideira levei azeite a aquecer ao qual juntei umas cebolas às rodelas, uns dentes de alho e uma folha de louro. Deixei começar a alourar, juntei o bacalhau e deixei tomar gosto. Polvilhei tudo com 1 colher bem cheia de farinha e envolvi. Juntei um pouco de leite da cozedura do bacalhau e deixei formar uma espécie de bechámel grosso. Rectifiquei de sal e pimenta.
Depois, num prato de ir ao forno coloquei uma camada de puré, por cima a mistura do bacalhau e voltei a cobrir tudo com puré.
Polvilhei com pão ralado e levei ao forno a gratinar! (Para a próxima ponho é gema de ovo, como num empadão normal, mas na altura não tinha nem 1 ovo para amostra, por isso ficou com um aspecto um pouco "deslavado"!)
Servir com uma salada verde!

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 23, 2007

Arroz à Valênciana

Eu não sou muito de fazer "comidas de um tacho só", mas devo confessar que gosto bastante de um bom arroz à Valenciana!
Creio que este prato deva ter alguma influência da nossa vizinha Paelha, a começar no nome.. Valenciana, e na semelhança dos ingredientes e até em algumas etapas da preparação.
Um conselho: se puderem, usem mesmo açafrão, em vez de açafrão das indias. A diferença é notável!

Ingredientes:

300g de carne de porco
1/2 Frango
400 gr de camarão
400 gr de ervilhas
2 pimentos vermelhos
400gr de lulas
400gr de ameijoas
1 pitata de açafrão (ou 1 colher de chá de açafrão das Indias)
1 colher de café de corante alimentar amarelo em pó (do que se usa nas paelhas)
Arroz (eu pessoalmente gosto de usar do vaporizado)
salsichas
delícias do mar
Azeite
cebola
vinho branco
piri-piri
sal
alho
massa pimentão
gengibre em pó

Preparação:

Corte em pedaços a carne de porco e tempere com sal, alhos e pimentão. Corte o frango em pedaços e salpique com gengibre em pó.
Num tacho largo com azeite refogue 1 cebola picada e junte a carne de porco e o frango. Aloure e regue com ½ copo de vinho branco.
À parte, coza o camarão em água com sal e piripiri. Descasque metade e reserve os restantes para enfeitar. Coe 5 chávenas do caldo da cozedura e junte ao preparado.
Introduza as ervilhas, ospimentos cortados às tiras, as lulas e as amêijoas limpas de areia.
Adicione o açafrão.
Quando o caldo levantar fervura, acrescente 2 chávenas bem cheias de arroz e deixe cozer 10 minutos. Rectifique os temperos.
Junte os camarões descascados, salsichas e delícias do mar às rodelas.
Deixe cozer. No momento de servir enfeite com os camarões inteiros.

BomApetite!

sexta-feira, abril 20, 2007

Tarte de Amêndoa

Eu sei que a Páscoa já lá vai há muito, mas esta foi a sobremesa que eu levei para casa dos meus avós no Domingo de Páscoa!
Mas é optima para fazer em qualquer altura!

Ingredientes:

Massa:
100 g de açúcar
100 g de farinha
100 g de margarina derretida
2 ovos
4 colheres de sopa de leite

Recheio:
200 g de amêndoa laminada
100 g de margarina
200 g de açúcar
10 colheres de sopa de leite (150ml)

Preparação:

Mistura-se os ovos e o açúcar e bate-se bem. Junta-se a farinha, a margarina e o leite.Coloca-se a massa numa tarteira e leva-se ao forno entre 180º a 200ºC durante 15 a 20 minutos.
Entretanto prepara-se o recheio: leva-se ao lume as amêndoas, a manteiga, o açúcar e o leite a ferver durante 5 minutos.Coloca-se o recheio sobre a massa e leva-se a forno médio (180º) durante 30 a 40 minutos.
Servir apenas depois de fria!

Bom Apetite!

quinta-feira, abril 19, 2007

Pá Assada com Gengibre e Mel

Vou finalmente participar no Colher de Tacho.
Com a canela esqueci-me. Com o cardamomo e a quinoa não consegui encontrar por aqui. Agora com o gengibre foi a estreia!
Foi o que me saiu com os ingredientes que tinha em casa, e com a inspiração do momento.
Eu pessoalmente acho que ficou bastante bom e aromático! Mas para a próxima vou usar menos raíz de gengibre...Acho que exagerei na dose!


Ingredientes:

1 pá de porco com osso
mel
sal
molho de soja
pau de canela
raíz de gengibre
alho
vinho branco

Preparação:
Começei por esfregar bem toda a pá com um pouco de sal e coloquei-a num prato de ir ao forno.
Num almofariz juntei um pouco mais de sal, alho e 5 cm de raíz de gengibre (mas para a próxima uso menos) e esmaguei bem. Depois de estar uma espécie de papa, juntei 1 colher de sopa de molho de soja e 3 colheres de mel. Misturei bem para desfazer o mel e barrei toda a carne com esta mistura.
Coloquei um pouco de vinho branco no fundo do prato onde juntei o pau de canela.
Foi a cozinhar em forno quente durante mais ou menos 1h15m, mas depende do tamanho da peça de carne.
Servi juntamente com umas couves de bruxelas cozidas no vapor e umas batatinhas novas assadas aos quartos com pele.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 18, 2007

Batatas à Biguta

Esta receita faz parte do meu universo familiar. Biguta foi o nome pelo qual eu sempre chamei a minha Bisavó Augusta. Era ela que costumava fazer esta receitinha bem simples, e sendo assim estas batatinhas ficaram assim baptizadas.
É muito simples de fazer com ingredientes que todos nós temos sempre em casa.
Foi uma receita que passou da minha bisavó para a minha avó e para a minha mãe. E agora passou para mim.
E eu partilho-a com todos voçês!

Ingredientes:

Batatas
Ovos
Azeite
alhos
sal

Preparação:

Descasque as batatas e corte-as em rodelas não muito finas. Leve uma frigideira ao lume com azeite e frite aí as batatas. A meio da fritura junte vários dentes de alho laminados, e deixe acabar de fritar as batatas.
Assim que estejam fritas, mas não em demasia, escorra o azeite da frigideira, e junte os ovos batidos temperados de sal (e se quiser junte um pouco mais nas batatas). Deixe coagular e começar a cozinhar e vá virando as batatas e os ovos sem desmanchar muito a mistura.
No final deverá ter não uma tortilha, mas sim "coagulos" de batatas, ovos e alho, de preferencia ligeiramente tostados.
Sirva com uma saladinha de alface!

Bom Apetite!

terça-feira, abril 17, 2007

Sufflê de Peixe à Alemã

Uma boa receita, rápida e fácil. Optima para aproveitar restos de peixe cozido, e fazer comer peixe a pequenos e graúdos!

Ingredientes:


500g de peixe cozido sem peles nem espinhas
150g de pão
2,5dl de leite
1clh sopa de salsa picada
4 ovos
sal, pimenta e noz moscada q.b.
1clh sopa de margarina
2clh sopa de queijo ralado

Preparação:


Deite numa tigela grande o peixe, o pão em pedaços e o leite amornado e vá mexendo e esfarelando com um garfo até o peixe estar desfiado e o pão amolecido e embebido.
Adicione em seguida as 4 gemas e a margarina derretida, mexa muito bem e tempere de sal, pimenta e noz moscada.
Junte às claras uma pitada de sal, e levante-as em castelo bem firme. Adicione-as ao preparado, mexendo com cuidado, de baixo para cima, até tudo estar bem ligado.
Unte o pirex e polvilhe-o com queijo ralado. Deite-lhe todo o preparado, alise, e polvilhe com a outra colher de queijo ralado.
Leve a forno bastante quente 20 a 25 minutos.

Sirva imediatamente com uns bróculos cozidos.


Bom Apetite!

segunda-feira, abril 16, 2007

Frango com Cogumelos

Apesar de não ter nada de extraordinário, este franguinho com cogumelos assim estufado, lentamente, ficou muito saboroso. É um prato para confeccionar no dia-a-dia!

Ingredientes:

Frango partido em pedaços limpo de peles
cebola
alho
louro
vinho branco
cogumelos frescos
sal e pimenta qb
Leite ou natas (opcional)

Preparação:

Leve ao lume um tacho com um pouco de azeite e aloure a cebola, o alho picado e o louro.
Junte os pedaços de frango e deixe ganhar alguma cor. Tempere de sal, pimenta e junte um pouco de vinho branco. Adicione também os cogumelos inteiros ou laminados, consoante o tamnho e deixe cozinhar lentamente em lume brando.
No fim da cozedura, e se gostar, junte um pouco de leite ou natas para engrossar o molho.
Sirva com um arroz branco e uma salada.

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 13, 2007

Ramequins de Chocolate Cremoso

Quem gosta de chocolate como eu, tem mesmo de experimentar esta deliciosa receita!
Eu sei que tirei isto de um blogue, mas não sei qual. Desculpem lá!
(Afinal já sei foi deste blog: Kafka na Praia)
Mas a sério é mesmo muito bom....

Ingredientes:

120 g de chocolate meio amargo + 8 quadradinhos para o recheio
3 ovos
80 g de açúcar
35 g manteiga
1 c. sopa de farinha

Preparação:

Derreta o chocolate com a manteiga no microondas (cerca de 1:30 min em potência alta), misture até ficar homogêneo. Misture os ovos, açúcar, a farinha em outro recipiente e acrescente o chocolate derretido.Coloque 1/3 da massa em 4 ramequins pequenos. Coloque 2 quadradinhos de chocolate em cada um deles e cubra-os com o resto da massa.
Leve a assar em forno preaquecido (200C), por 10 minutos.
Sirva ainda quente polvilhado com açúcar em pó!

Bom Apetite!

quinta-feira, abril 12, 2007

Canellones

Num destes dias o almoço foram uns deliciosos canelones. Aproveitei o resto da bolonhesa que tinha sobrado deste esparguete, e depois foi só fazer o molho bechamel, rechear os canelones e polvilhar com queijo ralado.
Para quem tem menos tempo, paciência ou vontade, há sempre o bechamel de pacote que torna esta receita ainda mais simples e prática!

Ingredientes:

Bolonhesa (feita como podem ver aqui)
Canelonnes (eu uso sempre dos que não necessitam de pré cozedura)
Farinha
leite
margarina
sal
pimenta
noz moscada
sumo de limão
queijo mozarella ralado

Preparação:

Partindo do principio de que a bolonhesa já está pronta, começamos por preparar o molho bechamel. Para os mais preguiçosos é só abrir o pacote, para os outros é preciso levar ao lume um pouco de margarina (2 colheres de sopa). Assim que estiver derretida, juntar 2 colheres de sopa de farinha, e mexer, de modo a embeber toda a margarina. Aos pouco e poucos ir juntando o leite quente, cerca de 350 ml, de modo a que a mistura da farinha com a margarina vá embebendo o leite e vá formando o molho. Depois de embebido todo o leite, e se a mistura estiver com grumos é só passar com a varinha mágica até estes desaparecerem.
Tempere depois o molho bechámel com sal, pimenta, noz moscada e um pouco de sumo de limão.
Reserve.
Recheie os canelones com a bolonhesa e disponha-os num prato que possa ir ao forno. Polvilhe com queijo mozarella ralado, cubra com o molho e polvilhe com o restante queijo.
Leve a forno quente até os canelones estarem cozidos e a cobertura gratinada.
Sirva com uma salada verde!

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 11, 2007

Risoto de Frango e Ervilhas

Desde que descobri o "maravilhoso mundo" dos Risottos, quase que não passa um mês sem se fazer um cá em casa!
Desta vez foi de frango e ervilhas. A cenoura foi só para não se estragar a que eu tinha utilizado no caldo!
Estava bem bom, apesar de, na opinião de um dos comensais, o arroz ainda estar um bocadinho rijo! Paciência!

Ingredientes:

Peito de frango
Arroz para risotto (arbório)
ervilhas
1 cenoura
salsa
louro
cebola
azeite
cravinho em grão
pimenta em grão
Queijo parmesão
vinho branco
sal e pimenta
Manteiga

Preparação:

Comecei por fazer o caldo de frango: levei uma panela ao lume com água temperada de sal, com 1 cebola com 3 cravinhos espetados, 1 cenoura, 1 ramo de salsa, 1 dente de alho esmagado, 1 folha de louro e alguns grãos de pimenta. Assim que levantou fervura juntei os peitos de frango e deixei cozinhar durante 1 hora em lume brando.
Depois foi só retirar a carne, partir em cubinhos e coar o caldo! (e aproveitei também a cenoura que parti também em cubinho e juntei ao risotto!)
Numa panela levei ao lume um pouco de azeite, cebola picada e deixei refogar ligeiramente. Juntei depois 1 chávena de ervilhas congeladas que envolvi no refogado e o arroz próprio para o risotto. Mexi bem e juntei 1 copo pequeno de vinho branco.
Reduzi o lume para o mínimo e fui mexendo até todo o vinho se evaporar. Começei depois a juntar o caldo de frango (dobro da quantidade do arroz) aos poucos e poucos, apenas juntando mais quando o anterior estivesse embebido. Sempre, sem parar de mexer e com o lume no mínimo.
Assim que o arroz embebeu todo o caldo juntei os pedaços de frango, e os cubinhos de cenoura, mexi a envolver tudo e juntei finalmente 50gr de queijo parmesão acabado de ralar, e 1 colher de chá de manteiga. Provei, rectifiquei de sal e juntei um pouco de pimenta de moinho! Mexi uma ultima vez, desliguei o lume e estava o risotto pronto!

Bom Apetite!

terça-feira, abril 10, 2007

Bacalhau Dourado

Do bacalhau já se sabe existirem mil e uma maneiras de o confeccionar! Aqui fica mais uma que eu costumo fazer lá muito de vez em quando, pois sou pouco amante de fritos.
É um bacalhau que depois é embebido numa espécie de escabeche.... E como todos os escabeches ainda fica melhor no dia seguinte.
Uma refeição ou um bom petisco a comer com um bom pão!

Ingredientes:

Bacalhau demolhado (os lombos não são lá muito bons para fazer isto: costumo usar bocados mais finos!)
Ovo
farinha
sal
azeite
alhos
vinagre de vinho
salsa

Preparação:

Começe por cortas os bocados de bacalhau demolhados em pedaços mais pequenos, e seque-os com um pano de cozinha.
Leve ao lume uma frigideira com azeite a aquecer, e assim que estiver quente começe a fritar o bacalhau previamente passado por farinha e ovo batido com um pouco de sal.
Acrescente à frigideira onde está a fritar o bacalhau vários dentes de alho laminados e deixe-os fritar juntamente com o bacalhau sem os deixar queimar.
Assim que o bacalhau estiver dourado, retire-o.
Junte ao azeite e alhos da frigideira um bom esguicho de vinagre de vinho tinto, e umas hastes de salsa. Deixe retomar a fervura, desligue, e regue o bacalhau com esta mistura.
Sirva com uns grelos e uma batatinhas novas cozidas!

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 09, 2007

Macarrão Gratinado com Molho de Atum e Mozarela

Esta é daquelas "coisas" que se fazem quando chegamos a casa à hora do jantar e não temos nada preparado para fazer.
É rápido, simples, saboroso, equilibrado. Tudo o que precisamos em dia agitados!

Ingredientes:

Macarrão
sal
atum
tomate
mangericão
farinha
leite
queijo Mozarella
cebola
pimenta
noz moscada

Preparação:

Leve uma panela ao lume com água temperada com sal e coza aí a massa.
Entretanto leve um tachinho ao lume com a cebola picada e o atum escorrido e deixe estufar. Polvilhe com farinha, mexa bem e vá acrescentando o leite aos poucos até ficar com uma espécie de bechámel. Tempere de sal, pimenta e noz moscada.
Corte o tomate aos cubinhos e o mangericão em pedaços. Junte à mistura de atum mexa bem e adicione também o queijo ralado.
Assim que a massa estiver cozida escorra-a, junte o molho de atum e leve ao grill do microondas a gratinar enquanto põe a mesa e faz uma salada!

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 06, 2007

Folar de Páscoa

Sendo hoje Sexta-Feira Santa, ainda vão a tempo de preparar estes folares para a quadra Pascal que estamos a viver!
Dão um bocadinho de trabalho, mas acreditem que compensa!
Fiz os meus em "doses individuais" para oferecer! Não ficaram amorosos?!

Ingredientes:

800 g de farinha
100 g de margarina
35 g de fermento de padeiro
250 g de açúcar
3 ovos
2 dl de leite morno
sal, canela e erva-doce q.b.
3 ou 4 ovos cozidos para enfeitar o folar

Preparação:

Dissolva o fermento num pouco de leite morno e junte alguma farinha.Faça uma bola bem húmida e deixe levedar 20 minutos.
Amasse a restante farinha com o açúcar, o leite e os ovos e junte a bola de fermento.Bata bem.Acrescente a manteiga, o sal e as especiarias.
Bata até a massa se soltar da tigela.Deixe levedar numa tigela tapada com 1 cobertor, em local protegido e ameno, durante + ou - 3 horas.
Faça então uma bola ligeiramente abolachada, onde coloca os ovos previamente cozidos e frios.Com um pouco de massa faça uns cordões que coloca a rodear os ovos.
Pincele com gema de ovo, deixe levedar mais 1 pouco e leve a forno quente (200ºC) até ficar bem corado e cozido.
(Em vez de 1 bola, fiz 4 bolas mais pequenas, e coloquei 1 ovo em cada uma das bolas!)

Bom Apetite!

(Os ovinhos que podem ver ao lado foram feitos com massa de Salame de Chocolate, moldados em forma de ovos e depois embrulhados em papel estanho e celofane!)

quinta-feira, abril 05, 2007

Coelho à Caçador

Mais uma receita de coelho! Sempre dá para variar do frango e perú sem exceder o consumo de carnes vermelhas!
E além disso é uma receita tradicional da nossa cozinha!

Ingredientes:

1 coelho
sal e pimenta q.b.
1clh sopa de alecrim seco
1,5dl de vinho branco
1 dente de alho
1 raminho de salsa
1 folha de louro
Azeite q.b.
12 cebolinhas pequenas
1 cálice de vinho do Porto
1clh chá de mostarda
1kg de batatinhas pequenas
125g de bacon cortado em fatias finas
125g de cogumelos frescos
4 fatias de pão de forma
salsa picada
colorau
óleo para fritar o pão


Preparação:

Amanhe e lave muito bem o coelho, corte-o em pedaços médios pelas articulações e deite os pedaços numa tigela. Tempere com sal, pimenta, vinho branco, salsa, alecrim, alho esmagado e a folha de louro e junte ainda 1 colher de chá de colorau. Mexa tudo muito bem e deixe ficar no tempero pelo menos 1 hora.
Entretanto descasque as cebolinhas e as batatas e leve-as. Corte o bacon em pedacinhos, limpe e lave os cogumelos.
Escorra os pedaços de coelho. Numa frigideira leve ao lume o azeite a aquecer bem e aloure nela os pedaços de coelho. À medida que forem ficando lourinhos, retire-os, escorra-os e deite-os num tacho. Aloure depois o bacon, escorra e deite sobre o coelho. Aloure também as cebolas e as batatas, mas estas, depois de estarem louras, tempere –as com sal fino.
Depois de colocar tudo num tacho largo, junte o vinho do Porto, os cogumelos, a marinada do tempero e a mostarda, tape e leve a cozer em lume moderado. Deve ficar com um pouco de molho, mas, se for preciso, durante a cozedura acrescente com um pouco de caldo. Uma vez por outra sacuda com cuidado para revirar tudo.
Quando o coelho estiver tenro, retire e sirva. Complete com triângulos de pão que entretanto fritou no óleo, com as pontas molhadas no molho e polvilhados com salsa.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 04, 2007

Salada Russa com Maionese de Mangericão e Alho Assado

Isto não é uma receita! Todos sabem fazer salada russa! É mais uma partilha da minha maneira de fazer salada russa, que poderá ser diferente das vossas!
E uma maneira super fácil de fazer maionese em casa!

Ingredientes:

Batata
cenoura
ervilhas
1 lata de milho doce
1 tomate
ovo
feijão verde

Para a maionese:

1 limão
mangericão fresco
1 cabeça de alho
1 ovo
óleo vegetal
sal e pimenta
mostarda

Preparação:

Descasque as batatas e a cenoura e corte-as em pequenos cubos. Corte também o feijão verde em pequenos pedaços.
Leve ao lume uma panela com água e sal e coza aí as batatas, cenoura, feijão verde e as ervilhas juntamente com os ovos.
Corte o tomate em pequenos cubos e escorra o milho.
Assim que os legumes estejam cozidos escorra-os e deixe arrefecer um pouco. Junte depois o milho e o tomate e o ovos cozidos cortados em rodelas ou pequenos pedaços. Misture bem!
Entretanto prepare a maionese. Leve ao forno bem quente a cabeça de alho cortada ao meio, até os alhos estarem cozinhados.
Num copo misturador coloque 1 ovo , tempere com sal e pimenta, 1 colher de café de mostarda, sumo de limão a gosto, um pouco de óleo, as folhas de mangericão, e o alho assado espremido da casca.
Com a varinha mágica faça movimentos lentos para cima e para baixo à medida que vai acrescentando mais óleo em fio. Assim que tiver a consistencia desejada está pronta!
(para um ovo deve levar aproximadamente 2 dl de óleo até ter a consistência de maionese grossa!).
Misture a maionese à Salada Russa e sirva de imediato ou guarde no frigorífico até servir!

Bom Apetite!

terça-feira, abril 03, 2007

Açorda de Gambas

Gosto muito de açorda (migas, lá para os lados do Alentejo!), e há já muito tempo que não as comia. O pretexto para a fazer foi ter encontrado uns restos de pão duro lá em casa... Não era pão alentejano, mas mesmo assim não ficou má!

Ingredientes:

alho
coentros
camarão
azeite
sal
malagueta
ovo
restos de pão (preferencialmente Alentejano)

Preparação:

Começe por cozer os camarões em água temperada de sal e com a malagueta. Depois de cozidos descasque-os e aproveite o caldo da cozedura para mais tarde.
Entretanto parta o pão em pedaços e reserve.
Num almofariz esmague os alhos com os coentros e um pouco de sal.
Leve um tacho com azeite ao lume e misture aí os coentros e os alhos. Deixe fritar um pouco e junte o pão. Mexa e, lentamente vá juntando a água de cozedura dos camarões até o pão ficar desfeito e com a consistência de uma papa mole. Junte um ovo batido e mexa até o ovo estar integrado na mistura e cozinhado. Junte os camarões previamente descascados e polvilhe com um pouco mais de coentros se desejar!
Sirva ainda quente e, se desejar com uns ovos estrelados ou escalfados!

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 02, 2007

Bacalhau à Conde da Guarda

Há receitas com as quais sabemos que podemos sempre contar, que sabemos que saem sempre bem, que sabemos que todos vão gostar.
É o caso deste bacalhau, receita da Maria de Lourdes Modesto!

Ingredientes:

600g de bacalhau
3 cebolas doces
3 dentes de alho
900g de batatas farinhentas
4dl de natas
40g de queijo parmesão ralado
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Demolhe e escalfe o bacalhau sem o deixar ferver. Desfaça-o em lascas. Pique a cebola e, sobre lume brando, coza-as sem deixar ganhar cor. Junte os dentes de alho picados, deixe apenas aquecer, adicione o bacalhau e deixe cozer um pouco.
Entretanto, coza as batatas, pele-as e reduza-as a puré. Junte ao bacalhau e bata a mistura sobre o lume, até obter um preparado muito fofo e homogéneo. Retire do calor, adicione as natas e tempere.
Deite num recipiente que possa ir ao forno e à mesa, polvilhe com o queijo e leve ao forno, previamente aquecido a 220ºC, a gratinar.
Sirva bem quente.

Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin